Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Barata, baratinha.

Por M&Ms, em 11.03.16

Detesto baratas (mas quem é que gosta delas?). Já fazia ideia que aqui havia bicharada, e como esses seres resistentes a tudo estão em todo o lado, não seriam excepção. No primeiro mês que cá estive, nem tive grandes encontros com a classe insectívora local. Excepto naquele dia...o dia fatídico em que uma barata castanha, gigante e com asas estava pousada em cima do meu casaco, no meu quarto. NO MEU QUARTO!!! O que fazer? Esperar atentamente pelo colega de trabalho que me ia buscar (sem tirar os olhos da menina, não fosse ela mexer-se e ficar em paradeiro incerto) e pedir-lhe que a matasse. Objectivo cumprido! 1 para mim, 0 para a barata.

Hoje em dia, e depois de já vários encontros imediatos de 3º grau com estes seres, continuo a preferir não as matar e continuo a pedir gentilmente a quem estiver por perto para fazer o obséquio. Mas quando estou em perigo, com uma filha-da-mãe a vir na minha direcção, tomo a medida drástica do chinelo ( não vá ela atacar-me e matar-me à dentada). Aqui não há saneamento, logo tenho uma fossa na parte exterior da casa. Entenda-se por fossa: palácio das baratas. Há pouco tempo fez-se uma desinfestação, mas as criaturas voltaram em força para mostrarem que são duras de roer. Sair de casa à noite é ter sempre um confronto directo com 2 ou 3 a passear à porta. Mas enquanto é lá fora... menos mal. De vez em quando, uma aventura-se para dentro de casa, mas normalmente não tem final feliz.

Mas a noite passada...ai a noite passada. Acordo a meio da noite e vou ao WC. Quando volto para a cama...O que é aquilo? Uma barata. Uma barata...NA CAMA. ESBORRACHADA. Mas o que me surpreendeu (deve ter sido do sono!), é que o espécime foi retirado da cama e voltei a dormir como um bebé. Noutros tempos teria ficado imóvel por 5 minutos, arrepiada por 15 minutos e teria passado uma hora à procura de baratas no quarto, não fosse ter outra surpresa. De manhã ainda encontrei uma patita por lá perdida... não deve ter tido uma morte fácil a baratinha.

20 para mim – 0 para as baratas.

 

Até já*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 07:43


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Chic'Ana a 11.03.2016 às 11:37

 ai ai ai.... esses seres devem ser uma autêntica praga, acho sinceramente qye a cada dia te vais habituar a elas...
Sem imagem de perfil

De Moralez a 14.03.2016 às 11:01

Com o tempo ficas corajosa! eheheh
Desde que ano te queiram beijar na boca eheheh....
Sem imagem de perfil

De Nádia a 14.03.2016 às 17:07

As baratas são daqueles seres que me enojam mesmo. Pelo contrário, adoro aranhas. Mas qualquer insecto que encontre, coloco-o na rua com todo o cuidado :)
Sem imagem de perfil

De As Nossas Voltas a 14.03.2016 às 21:45

Já somos duas... Odeio esses bichos! 
Acho que não ía conseguir dormir tranquila se soubesse que a qualquer momento um bicho desses pudesse cruzar o meu sono... 
Sem imagem de perfil

De M&Ms a 15.03.2016 às 07:34

Sim...é como digo no post. Já não é como cá quando cá cheguei. Continuo a não gostar delas, mas já não reajo da mesma forma 
Sem imagem de perfil

De M&Ms a 15.03.2016 às 07:35

Aranhas? Também há por aqui uns lindos modelos desses...fica para outro post! :)
Sem imagem de perfil

De M&Ms a 15.03.2016 às 07:36

MEDO!
Sem imagem de perfil

De M&Ms a 15.03.2016 às 07:37

Eu também pensava que não..mas pelos vistos é uma questão de hábito! Mais um ou dois anos aqui e começo a dizer que até são uns bichos bonitos... 
Sem imagem de perfil

De Moralez a 15.03.2016 às 09:00

lolol

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D