Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Palavras para quê? #1

Por M&Ms, em 31.05.16

Porque às vezes o melhor é mostrar em vez de tentar descrever...

 

 

20160430_083857.jpg

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:16

Insanity Max:30 - Semana 6

Por M&Ms, em 31.05.16

E concluí mais uma semana de Insanity Max:30.

No segundo mês continuo com as mesmas dificuldades. Os treinos de 3ª e 5ª feira são para mim os mais complicados. Têm muitos exercícios de braços seguidos, e acabo por não aguentar, mesmo fazendo a versão mais fácil do exercício. É tramado. Ainda assim, noto que tenho mais força do que quando comecei a treinar.

 

Resultados da 6ª semana:

 

2ª feira – MAX OUT CARDIO – MAX OUT: 30.00 min

3ª feira – MAX OUT POWER – MAX OUT: 9.55 min

4ª feira – MAX OUT SWEAT – MAX OUT: 30.00 min

5ª feira – MAX OUT STRENGTH – MAX OUT:  15.33 min

6ª feira – FRIDAY FIGHT ROUND 2 – MAX OUT:  20.02 min

 

insanity-max-30-month2.jpg

 

Já só faltam 2 semanas para terminar os treinos, por isso agora é queimar os últimos cartuchos e levar-me ao limite!

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 13:09

Soltas #11

Por M&Ms, em 30.05.16

" An optimist sees an opportunity in every calamity; a pessimist sees a calamity in every opportunity. " - Winston Churchill

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:44

Insanity Max:30 - Os objectivos

Por M&Ms, em 27.05.16

Só agora reparei, que apesar de já ter feito uma série de posts sobre o Insanity Max:30,me esqueci completamente de vos contar qual era o objectivo de o fazer.

 

Como já vos tinha dito neste post, este ano faço 30, a modos que decidi tornar-me mais activa. Toda a gente sabe que quantos mais anos passam, mais dificil será de se livrar das gorduras localizadas...e eu tenho jeito para essas.

 

O facto de ter ido a Portugal em Janeiro e ter tentado experimentar um macacão daqueles de Verão, de tecido leve, de alças e calção a atar na cintura e de repente parecer uma grávida (e não foi só a minha opinião!) contou bastante na decisão de recomeçar a treinar. É daquelas coisas que ninguém gosta de ouvir, a não ser que esteja efectivamente grávida, que não é o meu caso. Ora bem, posto isto (como quem diz,depois de levar este estalo de realidade), mãos à obra. Comecei a treinar em casa e fiz algumas alterações na minha alimentação. Só a decisão em si já me fez sentir melhor.

 

Quando iniciei o Insanity Max:30 já treinava em casa há 2 meses, 5 dias por semana. O objectivo inicial de fazer o Insanity Max:30 era “ver se aguentava 1 semana”, como expliquei neste post, mas rapidamente passou para “ver se consigo fazer tudo”.

Além da teimosia comigo mesma, é claro que os objectivos principais de fazer o programa foram  reduzir a celulite e reduzir a barriga. Ou tentar! Não quero perder peso. Alías não quero perder mais nada. Era só  mesmo essas duas coisinhas....será que é pedir demais?

 

12717549_1528652770762656_5236991096669143831_n.jp

 

 

Até lá, ainda faltam duas semanas de sofrimento treinos intensos. A ver vamos.

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:47

Bicheza #5

Por M&Ms, em 27.05.16

Já chega de vos apresentar bicharocos rastejantes (e feios)...hoje voltamos às aves. 

 

Este pássaro é um dos mais bonitos que vi por cá. Quando voa, a cor sobressai pois as asas são totalmente roxas e o preto quase não se vê. Lindo de se ver. Não consegui aferir grande coisa sobre ele, visto que há centenas de espécies de pássaros cá. Aqui há muitos pássaros coloridos, mas não é muito fácil fotografá-los. Este veio contra a janela e ficou um pouco atordoado...foi quando me apressei a tirar uma foto, antes dele levantar voo e fugir! 

 

Identificação da bicheza: pássaro bonito.

Classe da bicheza: aves.

Espécie da bicheza: dos coloridos e com bico grande.

Imagem da bicheza:

 

20160414_151633.jpg

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:21

Segurança nas estradas...not!

Por M&Ms, em 26.05.16

Por cá, os acidentes de viação são uma constante. Se há sítio para conduzirmos defensivamente, é aqui.

 

Um estudo publicado em 2015, afirma que de entre os países lusófonos, Moçambique é o que tem o índice de mortalidade rodoviária mais alta, com 31.6 casos por cada 100.000 habitantes. Portugal tem um índice de 7.8 casos por cada 100.000 habitantes, 3 vezes menos do que Moçambique. Em 2013 registaram-se 1.744 mortes nas estradas moçambicanas.

 

E falo nisto porquê? Porque na terça-feira houve mais um grande acidente, desta vez às portas da cidade de Tete. Um  autocarro (“machibombo”) que fazia uma viagem de longa distância, envolveu-se num acidente com um carro ligeiro e um camião pesado em cima de uma ponte, causando 9 mortos e 25 feridos.  Os veículos ficarram irreconhecíveis.

 

 

ACIDENTE1.gif

(Fonte:http://www.jornalnoticias.co.mz)

 

Como se já não bastasse, na quarta-feira dois camiões chocaram entre si, exactamente no mesmo local, fazendo mais 3 feridos.

 

E porquê?

 

Porque aqui não há civismo nas estradas. É indiferente se vamos sozinhos a conduzir ou se levamos 20 pessoas dentro de um “chapa”, o pé não levanta do acelerador. Não interessa se estamos numa lomba ou numa curva sem visibilidade, o que interessa é ultrapassar a lesma que vai à frente. Não se pensa que a qualquer momento um cabrito, um cão ou uma vaca se pode atravessar à nossa frente, o que se quer é chegar rápido ao destino. Não importa se conduzimos à noite sem luzes e se podemos causar acidentes. Não há problema em andar de mota sem usar capacete. Nem importa se incadeio os outros motoristas porque como não tenho médios, uso os máximos. E se me apetecer andar a 30, numa estrada em que o limite máximo é 60, ando. Nem me impedem de andar com um camião carregado a 120km/h, que numa travagem brusca varre tudo o que tiver à frente. E o alcool? Aqui conduzir a beber uma cervejinha é o pão nosso de cada dia...até parece que tem algum mal!?

 

E a taxa de mortalidade rodoviária em Moçambique?Pois...não me parece que vá descer num futuro próximo. Pelo menos enquanto as pessoas não começarem a ter consciência de que as suas acções influenciam não só os seus destinos, mas também os dos outros.

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:07

Continuando com a saga dos transportes públicos moçambicanos, hoje é dia do “machibombo”.

 

Os “machibombos” ou “machimbombos” (não sei bem como se escreve e acho que ninguém sabe!), são os nossos conhecidos autocarros, camionetas, ou carreiras para quem é do interior.

Normalmente os machibombos só fazem percursos longos, ou transporte privado de funcionários de empresas.  Não há cá STCP ou Carris.

 

 

IMG_0121.JPG

 

É frequente ver alguns destes transportes com frases inspiradoras, ou a dizer “Benfica” no vido traseiro (o que de inspirador não tem nada!).

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:36

Soltas #10

Por M&Ms, em 24.05.16

" The stories of past courage...can offer hope, they can provide inspiration. But they cannot supply courage itself. For this each man must look into his own soul. " - John F. Kennedy

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:31

Insanity Max:30 - Semana 5

Por M&Ms, em 24.05.16

A 5ª semana não é só a 5ª semana. É a primeira semana do 2º mês. O que significa...treinos novos. Treinos novos e piores. Espalhei-me ao comprido relativamente aos tempos da semana anterior. As dores musculares voltaram...

Vamos lá ver o que esta semana me reserva.

 

Ficam os tempos da semana 5:

 

2ª feira – MAX OUT CARDIO – MAX OUT: 19.36 min

3ª feira – MAX OUT POWER – MAX OUT: 13.30 min

4ª feira – MAX OUT SWEAT – MAX OUT: 26.30 min

5ª feira – MAX OUT STRENGTH – MAX OUT: 7.55 min

6ª feira – FRIDAY FIGHT ROUND 2 – MAX OUT: 11.55 min

 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:28

A Tixa, autora do blog As Nossas Voltas, convidou-me a revelar um pouquinho sobre mim no que diz respeito à hora das refeições. Nao foi preciso pensar muito para conseguir chegar a uma lista de 10 factos sobre este assunto.

 

turkeycartoon.jpg

(Fonte:centrodeconvergencia.wordpress.com)

 

 

Ora aqui vai:

 

- Quando tenho fome sou insuportável. Volto a ter 5 anos e o mundo passa a girar à minha volta. Enquanto não satisfizer o monstrinho que vive dentro do meu estômago sou capaz de tornar miserável a vida de quem estiver à minha volta.

 

- Acho irritante as pessoas que fazem muito barulho a comer ou que comem de boca aberta.

 

- Quando bebo leite, tenho que deixar sempre um bocadinho de leite no fundo da chávena, seja em casa ou numa pastelaria.

 

- Não gosto que alguém saia da mesa antes de todos terem terminado a sua refeição.

 

- Gosto de partir a carne/peixe em bocadinhos antes de começar a refeição. Sim, como uma criança de 6 anos.

 

- Sou a pessoa mais esquisita do mundo a comer. A lista do “não gosto” é quase maior do que a do “gosto”. Não me orgulho disso.

 

- Detesto que mexam no telemóvel durante as refeições. DETESTO.

 

- Tenho sempre que acompanhar a refeição com uma bebida, normalmente água. Não consigo comer nada sem beber também.

 

- Por mim, todas as refeições podiam (deviam!) ser acompanhadas com batatas fritas. Nhamiiii.

 

- Fico constrangida quando me tentam impingir comida. Seja para provar alguma coisa, ou para comer mais. Não gosto.

 

Portanto, como vocês puderam ler, é só coisas boas! 

Até já!*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:47

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D