Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




E porque...

Por M&Ms, em 29.04.16

...hoje é o dia mundial da dança,

 

"Que seja perdido o único dia em que não se dançou." - Friedrich Nietzsche

 

042336_454441084948_22455674948_1690319_914971801_

(Fonte: Ballerina Project)

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:50

Bichezas #1

Por M&Ms, em 29.04.16

Decidi começar a apresentar-vos alguns dos bicharocos que encontro por estas bandas. Gostava muito de fazer um texto todo catita, em que identifico o espécime e faço uma descrição detalhada do animal...mas parece-me que isso não vai acontecer. E isto porquê? Porque, como vocês vão poder perceber pelo primeiro bichinho que vos apresento (e que se irá repetir nos demais com que vos irei presentear), eu não faço a mínima ideia do que é! Sei que é grande, feio, e tem muitas patas pelo que me deu alguns arrepios quando o vi a passear ao meu lado. Lembra as centopeias mas em grande. Mas nada como ter um telemóvel por perto para registar o momento...e ainda pedi para porem um pézinho para fazer de escala. Não digam que não sou amiga.

 

Identificação da bicheza: animal rastejante preto com muitas patas.

Classe da bicheza: chilopoda? (animais que se deslocam rápido e que têm muitas patas)

Espécie da bicheza: pertence à espécie dos feios.

Imagem da bicheza:

 

20160313_003016.jpg

 

Caso alguém tenha informações fidedignas sobre a fofura apresentada, é favor partilhar. 

 

Até já*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:23

Soltas #8

Por M&Ms, em 28.04.16

" Time is really the only capital that any human being has, and the only thing he can't afford to lose." - Thomas Edison

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:46

Mobiliário ao relento.

Por M&Ms, em 27.04.16

A isto é que eu chamo um fenómeno estranho. Vendedores de rua de portas, mobílias de quarto e de sofás. Ali, na rua, no pó. Os móveis e as camas e os sofás acabadinhos de fazer (tudo à mão obviamente), pousados directamente na terra ou no máximo com um calço de madeira e um pedaço de plástico por baixo. E quando vem aquela ventania que traz tanto pó que no final quase que dá para vender o pó que se tira dos ouvidos e do nariz? E quando chove (e aqui não há aquela chuva tipo chuviscos...é tipo dilúvio!)? Hmmm...se calhar é uma estratégia de marketing... “Compre aqui a cama que resiste a tudo!”ou “Compre um sofá e leve 6 kg de pó totalmente grátis!”. 

Até já*

 

20160306_171346.jpg

20160306_171355.jpg

IMG_0114.JPG

IMG_0150.JPG

IMG_0260.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 09:51

Insanity Max:30 - Semana 1

Por M&Ms, em 25.04.16

Como vos tinha contado, decidi fazer uma experiência de uma semana do programa Insanity Max:30. Ainda estou viva, o que é bom sinal! Não foi nada fácil desde o início, mas confesso que me correu melhor do que o que esperava. É uma rotina muito exigente, não só a nível físico como a nível psicológico. Temos mesmo que nos desafiar a nós mesmos e nunca pensar em desistir, porque acreditem que chegar a quarta-feira e ter que fazer continuar o programa com todas as dores musculares que tinha, foi um suplício! O programa não é fácil e nem toda a gente tem força de vontade para treinar em casa, por isso para quem é mais preguiçosa/o aconselho a arranjar uma parceira/o para o treino. Depois sempre podem reclamar das dores juntas/os  

Aqui fica a minha lista de MAX OUTs, ou seja, dos máximos de tempo que consegui aguentar em cada exercício sem parar. Depois de parar, registei o meu tempo (MAX OUT) e continuei com o exercício. O objectivo é dar o máximo dos máximos, o que temos e o que não temos, até não aguentarmos mais e vermos de semana para semana, o MAX OUT a aumentar nos diferentes treinos.

 

2ª feira: Cardio Challenge - MAX OUT - 7.07min

3ª feira: Tabata Power - MAX OUT – 5.47min

4ª feira: Sweat Intervals - MAX OUT – 16.22min

5ª feira: Tabata Power - MAX OUT – 10.38min

6ª feira: Friday fight 1 -  MAX OUT – 11.18min

 

Não foi fácil, mas comprometi-me comigo mesma a aguentar uma semana. E pronto... não morri, acho que já passei a pior fase porque a partir de quinta-feira já não tive grandes dores musculares...por isso agora só tenho é que conseguir levar isto até ao fim! Confesso que estou bastante entusiasmada e curiosa para ver os resultados! 

Até já*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 08:46

Chuvinhas e chuvadas!

Por M&Ms, em 22.04.16

IMG_20151217_174217.jpg

 

 

Este ano foi atípico. Pouco choveu cá em Tete. Apesar dos meses considerados de chuva serem principalmente 3 (Dezembro, Janeiro e Fevereiro), este ano não se consegue identificar um mês de chuva. Nos anos anteriores, presenciei aqui as maiores chuvadas de sempre. Acho que nem sabia que podia chover tanta água em tão pouco tempo! Aqui bastam 10 minutos de chuva intensa para causar cheias. Os solos de origem calcária não ajudam à dispersão da água, visto que depois de absorverem uma certa quantidade de água, ficam saturados e a água não se infiltra, ficando à superficie causando cheias, lagos e charcos.

 

Normalmente, antes de vir uma chuvada vem um vendaval. Uma ventania doida, anda tudo pelo ar, principalmente pó que é o que mais há nestas bandas. A visibilidade na estrada chega a ser mesmo muito condicionada. Depois chegam as nuvens negras, normalmente acompanhadas de trovoadas. Por vezes não chove mas troveja durante horas. È possível estar cá fora e olhar em volta e ver relâmpagos em todas as direcções. No Porto era raro trovejar e quando acontecia era um trovão de quando em vez...nada de mais. Aqui é surreal. Chega a ser um espectáculo da natureza. Dias inteiros de chuva dificilmente acontecem. Podem ser 9h da manhã e estar sol, às 10h estar encoberto e cair um temporal às 11h e às 14h já está o tempo limpo, sol a torrar e a criar uma humidade louca. São dias muito abafados e nada fáceis de suportar para quem trabalha ao ar livre. Apesar de tudo já presenciei  fenómenos magníficos. É possível diferenciar facilmente onde está a chover e onde não está...e consegui ver sol e chuva ao mesmo tempo, coisa que nunca tinha visto antes.

 

Deixo-vos abaixo algumas imagens, uma delas referente à previsão meteorológica para o dia 17 de Dezembro de 2012, que na altura se veio a comprovar. Podem ver que tivemos alternância entre chuva e sol no mesmo dia mais do que uma vez, e a sensação térmica esperada (real feel) devido à humidade foi enorme, diferindo mais de 10 graus da temperatura atmosférica.

Até já!*

 

previsão para 17-12-12.png

 

988395_660261227369142_1404776928_n.jpg

IMG_20150328_155757.jpg

 

1939475_660262504035681_372138259_o - Copy.jpg

 

Untitled.png

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:02

Expressões "desconseguidas" #2

Por M&Ms, em 20.04.16

Continuando com a árdua tarefa de partilhar expressões que ficam a dever muito à lingua portuguesa:

 

  • “Desaguentei” – Ora, esta não é dificil, mas não deixa de ser engraçada. “Desaguentei e descasquei-me a rir.”
  • “Tive uma infelicidade” – Falecimento de parente, amigo ou familiar.
  • “Patrão o camião está cansado” – Pois...quando ouvimos uma destas não é bom sinal. Normalmente significa que o camião avariou.
  • “Vou matabichar” – Deve ser mesmo para matar o bicho que está a roer o estômago, porque matabichar significa tomar o pequeno-almoço.
  • “ Tenho uma preocupação” – “Se só tem uma, está com sorte” pensei eu! Mas não. Aqui, uma preocupação significa um problema. Problema esse que normalmente necessita de dinheiro pra ser resolvido. Então, esta frase consegue incluir a afirmação de que se tem um problema e o pedido de dinheiro em apenas 3 palavras. Pelos menos não ficamos surpreendidos, é logo cartas na mesa.
  • “Está nice” – Esta é utilizadíssima e óbvia.
  • “Vou ao monte” – Significa que tem que fazer um cócó sem ser num wc.

 

Até já*

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 10:06

Soltas #7

Por M&Ms, em 19.04.16

" One machine can do the work of fifty ordinary men. No machine can do the work of one extraordinary man. " - Elbert Hubbard

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 11:12

3º destaque!

Por M&Ms, em 18.04.16

Destaque 3.png

 

Obrigada Sapinhos pelo 3º destaque deste blog bebé!!!

Até já*

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:33

Liebster Award - Desafio de bloguers

Por M&Ms, em 18.04.16

3and3quarters.net_.png

 

A Ana, autora do blog ATiaAnica,teve a simpatia de me oferecer um Liebster Award, sendo que me dá direito a responder a algumas perguntas feitas por ela, assim como vos contar algumas coisas sobre mim e ainda enunciar outros blogs para responderem às minhas perguntas. É um desafio giro, que promove a interacção entre bloggers e nos dá a oportunidade de nos conhecermos um pouco melhor, além de ajudar na divulgação de novos blogs (como é o meu caso).

 

Vou então começar pelas perguntas feitas pela Ana:

 

O porquê de criar o blog?

R: Criei o blog para que através da partilha de momentos e experiências que passei (e passo) aqui, eu me recorde das coisas boas que a emigração me trouxe.

Qual a tua cidade e/ou pais favorito?

R: O Porto é uma cidade maravilhosa.

Qual é a tua viagem de sonho?

R: Tenho algumas: visitar o parque de Yellowstone nos EUA,  Machu Picchu no Peru e Angkor Wat no Camboja.

Qual é o teu melhor conselho de beleza?

R: Se usarmos creme hidratante em todo o corpo desde a puberdade, evitámos ganhar as tão detestadas estrias de crescimento.

Música favorita?

R: Para mim é impossível responder a esta pergunta, porque não sei. São imensas!

Ator e/ou atriz favorito?

R: Não tenho favoritos, tem alturas que uns me chamam mais a atenção do que outros. Mas tenho gostado muito de ver filmes com a Hellen Mirren e a Maggie Smith.

Citação que melhor te descreve?

R: Pfff...O que não mata, engorda? 

Qual é o teu objetivo de vida?

R: O meu objectivo de vida...hmm...ora posso dizer que talvez seja um dia conseguir ter a minha casa, ter um emprego que me mantenha motivada e ter perto de mim as pessoas que mais me são importantes. Mas não é o que todos queremos? “Felicidade” é o que lhe chamam por aí... 

Se fosses um objeto, o que serias?

R: A chave da porta de uma casa.

Qual a tua cor favorita?

R: Roxo.

Se fosses um animal, o que serias?

R: Uma ave.

 

 

Passando aos 11 factos sobre mim:

  1. Sou viciada em tuli creme.
  2. Tenho ar de antipática, mas não faço de propósito.
  3. Gosto de tudo à minha maneira.
  4. Abomino queijo.
  5. Tenho saudades de viver em Portugal.
  6. Sou preguiçosa.
  7. A corrupção enoja-me.
  8. Tenho um feitio difícil de lidar.
  9. Jogo no euromilhões.
  10. Gosto de viajar e conhecer novos lugares.
  11. Adoro batatas frita.

 

As perguntas que dirigo aos meus nomeados são:

  1. Como escolheste o nome para o teu blog?
  2. Qual foi a razão da criação do teu blog?
  3. Que tipo de blogues gostas de seguir?
  4. Achas que uma amizade na blogosfera passaria facilmente a uma amizade na “realidade”?
  5. Que características é que mais te definem como pessoa?
  6. Como te revês nos olhos dos outros?
  7. Eras capaz de emigrar?
  8. Qual seria a tua viagem de eleição?
  9. Quantas línguas sabes falar?
  10. Que planos tens para o futuro?
  11. Achas que já atingiste o teu objectivo de vida?

 

E por fim, os meus nomeados são:

Marrocos e o Destino

Um quarto para duas

O desemprego deu nisto

V de Valzinha

Erre Grande

As Nossas Voltas

Palavra de Bailarina

Uma jovem emigrante

A deSarrumada

 

Obrigada Ana!

 

Até já*

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:07

Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D